Em quatro sessões Câmara analisa apenas três projetos

O ano começou com poucos projetos sendo analisados e votados pela Câmara de Vereadores de São João Batista. Dos 11 parlamentares, sete apresentaram indicações e dois requerimentos foram à votação. Um foi rejeitado. Dos projetos que entraram na pauta, só dois é de origem do Executivo. Um trata de transferência de modalidade e outro concedendo abono para os motoristas de ônibus.

De acordo com levantamento, de primeiro de fevereiro até 26 de fevereiro, foram três projetos, uma moção, dois requerimentos e 27 indicações. O maior número de indicações foi apresentado pelo vereador Betinho Souza, num total de 11. Fábio da Ravel protocolou cinco, Déi do Gás (3), Edinho Ramos (3), Éder Vargas (2), Juliano Peixer (2) e Rúbia Tamanini (1). Alécio Boratti, Carlos Francisco da Silva, Leôncio Cipriani e Milson da Silva não apresentaram nenhuma indicação.

Baixa produção legislativa deve marcar o ano de 2018, já que a partir de abril começa a contar o calendário eleitoral, o que afeta obras e ações nos municípios.