Prefeito sai de folga e se irrita em aeroporto de São Paulo

O fim da folga do prefeito de São João Batista foi marcada por uma agressão verbal contra empresário batistense em aeroporto de São Paulo. Após as festividades de aniversário da cidade, houve vacância de poder, e Daniel Cândido curtiu dias de férias na paradisíaca Fortaleza, estado do Ceará.

DANIELNo sábado (01), Cândido já estava novamente na cidade e participou de missa na Igreja Matriz em comemoração aos 25 anos de ordenação sacerdotal do padre Celso Marquetti. Na sexta-feira (31), a assessoria negou que o prefeito tinha deixado o município em férias.

Empresário batistense que estava em aeroporto de São Paulo, retornando para Santa Catarina, teve encontro nada amistoso com Daniel Cândido. Após perceber a presença do conterrâneo, o prefeito teria questionado, furioso, se não estava sendo fotografado. Disse ainda que tinha direito aos dias de folga. O empresário foi abordado duas vezes seguidas pelo prefeito, que mostrava desconforto e irritação em dividir o aeroporto.

Não existe irregularidade em férias do prefeito. É normal os gestores se afastares das funções, geralmente nos finais de ano. No caso de Cândido, a estranheza fica por conta de ter acontecido sem comunicação oficial. O silêncio, segundo fontes, seria para não ter de passar o comando da cidade ao vice-prefeito Élio Peixer (PMDB).

Repetido

Não é a primeira vez que Daniel se irrita e mostra descontrole com a possibilidade de estar sendo fotografado. Recentemente ele entrou em atrito com o ex-secretário de Administração de São João Batista, Rafael Zunino, que é genro do vereador Saul Raitz. Na época Cândido teria dito, inclusive, que “o negão iria pegar”. O caso virou inquérito policial.