No primeiro ‘round’ teve polícia

Para garantir a segurança dos vereadores e evitar tumultos durante a sessão desta sexta-feira (27), policiais militares acompanharam a reunião em plenário. Com ânimos acirrados e projetos polêmicos, reforço na segurança já era esperado. Quem imaginava uma Câmara diferente dos últimos anos, ao menos pelo começo, pode tirar o cavalo da chuva. Será mais do mesmo, só com pequena inversão de papéis. Independência entre poderes fica na utopia e Legislativo se transforma em ‘puxadinho’ da prefeitura. Tudo será aprovado.