Descontrole na folha de pagamentos geram cinco alertas

Apesar de inaugurado com pompa, não há previsão para que novo prédio do Cras entre em funcionamento. Estrutura está pronta, mas sem móveis e equipamentos não tem como fazer a mudança. Situação semelhante a creche no Jardim São Paulo e as novas salas no Krequer. Ficaram prontas, mas com a folha de pagamentos inchada não tem condições de contratar professores. folhaSituação não é das mais confortáveis. O Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE/SC), tem insistido para que Daniel Cândido (PSD), coloque a folha de pagamentos dentro dos limites aceitáveis. Foram emitidos alertas no primeiro e segundo semestre de 2013, no primeiro e segundo de 2014 e também no primeiro de 2015. E os indicativos são que Cândido não está “dando bola”, para os avisos do TCE/SC. Esse foi um dos motivos que fizeram a Câmara de Vereadores de São João Batista, pedir uma reanálise das contas do município. Politicamente o prefeito também é cobrado, já que em discurso na porta do Paço Municipal, em janeiro do 2013, condenou a gestão anterior que estaria com a folha inchada. Bem ao estilo do “faça o que eu digo, mas não o que faço”.