“Se precisar falar tudo de novo, eu falo”, diz Pedroca

Vazamento de áudios do vice-prefeito Pedro Alfredo Ramos, o Pedroca, gerou crise interna no MDB e reações de lideranças. No entanto, Pedroca afirma que se necessário repete o conteúdo das gravações e que tudo que falou “é verdadeira”. Ele também garante que será candidato e que espera decisões do partido.

Uma série de áudios trocados através do aplicativo WhatsApp entre o vice-prefeito e pessoas ligadas ao MDB foram vazadas nas últimas semanas. Conteúdo atinge representantes do MDB e Administração e gerou crise interna no partido. O vice-presidente da sigla Éder Vargas, disse na tribuna da Câmara que não pediria votos no caso dele ser candidato em 2020.

Em nota ao programa ‘Meio Dia Em Ponto’ da Super 99,9 FM, Pedroca afirmou que é candidato a Prefeito no próximo ano, e que torce para estar na disputa representado o MDB. A fala contradiz afirmação do presidente do MDB, Eurli Silva, o Irmão, que garantiu em conversa no grupo do partido, que Pedroca teria deixado a disputa e abrindo espaço para pré-candidatura de Plácido Vargas.

“Tem muitos boatos sobre os meus áudios. Mas quero aqui dizer que se precisar falar tudo de novo eu falo com a maior responsabilidade, porque tudo que eu falei é verdadeiro. Só que claro que agora nesse momento é a hora de esperar algumas decisões do partido do MDB”, diz Pedroca.

Procura por novo partido

Ainda que garanta esperar decisão do MDB para então definir seu futuro político, o vice-prefeito de São João Batista abriu conversa com o Partido Liberal (PL) do senador Jorginho de Melo e do pré-candidato a prefeito Estevan Nascimento.

Na semana passada surgiram informações de que o liberal teria procurado o emedebista, mas Pedroca afirma ter sido ele quem procurou Estevan para conversa. De acordo com a nota, o vice teria sondado a possibilidade de ser candidato pelo PL, e que a sinalização foi positiva.

As chances no MDB

Pedroca revela que não vê chances na executiva do MDB, mas demonstra confiança no presidente da sigla, Eurli Silva, o Irmão. “Por isso ainda tenho esperança de ser candidato à candidato do MDB”, diz. Ele finaliza reafirmando que será candidato a prefeito e que pode ser bem-sucedido na empreitada.

Leia nota na integra:

“Boa Tarde Jonas, Muniz e Gabriel.

Em primeiro lugar quero dar os meus parabéns para vocês por esse programa divertido e verdadeiro. Eu noto como vocês sempre falam, vocês estão aí para comentar o que está acontecendo na cidade e não para inventar nada.

Quero aqui garantir pra vocês com toda certeza que eu sou candidato a candidato à prefeito, torço muito para ser o candidato do MDB, hoje é a minha bandeira e vou respeitar até o último segundo do primeiro tempo. Vocês podem ter certeza que quando for decidido mesmo se eu irei ficar no MDB, ou até em outro partido vocês serão os primeiros a saber.

Tem muitos boatos sobre os meus áudios, mas quero aqui dizer que se precisar falar tudo de novo eu falo com a maior responsabilidade, porque tudo que eu falei é verdadeiro, só que claro que agora nesse momento é a hora de esperar algumas decisões do partido do MDB.

Sobre a situação do partido do Estevan que é um grande partido do Senador Jorginho Melo à verdade é que quem foi atrás do Estevam foi eu para conversar se havia alguma possibilidade de eu ser candidato a candidato do partido e ele com muita alegria me respondeu, “você estará sempre com as portas abertas e será uma honra de ser candidato a candidato a prefeito do nosso partido”.

Mesmo vendo que eu não tenho chance na executiva do MDB eu confio muito no presidente Erli Silva (Irmão), por isso ainda tenho esperança de ser candidato à candidato do MDB. Tudo que vocês ouvissem perante ao meu nome pode comentar, mas com a certeza de uma coisa, eu vou ser o candidato a candidato a prefeito e como eu acredito muito em DEUS, eu vou conseguir ser prefeito da MINHA E DA NOSSA cidade São João Batista. Quero aqui agradecer a vocês e dar um bom dia e boa tarde a todos.

– Pedroca, Obrigado