Pedroca fica no MDB e reafirma pré-candidatura

Após várias reviravoltas, documento de desfiliações e bastidores tumultuados, o MDB de São João Batista se reuniu para anunciar permanência do vice-prefeito Pedro Alfredo Ramos, o Pedroca, e sua pré-candidatura a prefeito. Os vereadores Éder Vargas e Leôncio Cipryani não participaram do evento na manhã deste sábado (15), no restaurante da 19 de Julho.

Além de filiados e simpatizantes do MDB, estiveram presentes o senador Dário Berguer, deputado Estadual, Jerry Comper e deputado Federal e presidente do MDB de SC, Celso Maldaner. Pedroca havia assinado pedido de desfiliação do partido no início do mês. Caso foi revertido após atuação de lideranças estaduais do partido.

Situação do partido se complicou após divergências entre o vice-prefeito e membros locais do MDB, como o vereador Leôncio Cipryani. O vereador chegou a informar que candidatura do Pedroca dependeria do aval do diretório do partido. Executiva estadual contra-atacou dizendo que caso o vice perdesse no diretória interviria e homologaria Pedro como cabeça de chapa.

Em nota nas redes sociais, o emedebista afirma que o “nome seguirá a disposição e deve ser definido na convenção municipal da sigla que deve ocorrer dentro dos prazos estabelecidos pela lei eleitoral. Temos um trabalho dedicado à nossa comunidade, gostaria de poder dar continuidade a esse trabalho, por isso a confirmação da minha pré-candidatura a prefeito”.

Apesar da definição, ainda não foi dada dimensão do anúncio já que há divergências internas que não serão resolvidas imediatamente. Leoncio Cipryani havia prometido deixar o ninho até abril e ingressar em outro partido, o que pode trazer novos desdobramentos.