A jogada: Ademir sai, mas volta

Saída de Ademir Rover da Secretaria da Saúde cumpre apenas a função de ‘jogada’ na composição da nova mesa diretora da Câmara de Vereadores. Após retornar para o Legislativo e participar da chapa da nova mesa diretora, ele novamente deve se licenciar e voltar para o posto da Saúde. Objetivo é impedir que algum opositor tenha que ser aceito na mesa.

Regimento interno da Câmara permite que o suplente Edinho vote na escolha da nova presidência, mas impede que ele participe da mesa diretora. Como as regras exigem que ao menos três partidos componham a diretoria, Ademir teve que ser exonerado da Saúde para cumprir um papel fictício na chapa.

Saída de Ademir do comando da Saúde foi tratado pela própria prefeitura como “afastamento” e que retorno dele seria avaliado por Rover e Daniel Cândido. No entanto, fontes ligadas ao Paço Municipal garantem que o secretário retorna para função já nas próximas semanas.