Viagem de prefeito e vice é cancelada para evitar ‘inimigo’ em voo

Bastou uma ligação para que o prefeito Daniel Cândido (PSD) e o vice-prefeito Pedroca (MDB) cancelassem uma viagem agendada para esta quarta-feira (21) à Brasília. Passagens estavam compradas para as 8h55, e no mesmo voo embarcaria o empresário Laudir Kammer, o Alemão, inimigo pessoal de Cândido. Dividir o avião não foi opção pra eles.

Pedroca foi informado na terça que Alemão estaria no mesmo voo. Ligou para o empresário e confirmou. Ao saber que Daniel estaria no avião Alemão teria feito ‘brincadeira’ com o vice-prefeito e dito que “voo ia cair”. Na sequencia o vice avisou Daniel e na manhã desta quarta a viagem foi cancelada.

Relacionamento entre Daniel e Alemão azedou no segundo ano do primeiro mandato em razão de supostas dívidas de campanha e ganhou contornos folhetinescos. O empresário cobra do prefeito gastos da eleição de 2012 na qual foi candidato até a véspera e renunciou para que Cândido ficasse com o cargo. Em 2017 Alemão e Daniel se encontraram em feira calçadista e por pouco não foram as vias de fato. Caso ganhou capítulos na justiça.

É a primeira vez que se tem notícia que um prefeito cancela uma viagem apenas pra evitar cruzar com desafeto. Nesse imbróglio todo quem ficou com dúvidas foi o vice-prefeito. Num possível encontro entre Alemão e Daniel não saberia a quem defender. Teria que optar pelo prefeito parceiro de eleição de 2016 ou Laudir Kammer com quem tem buscado apoio para 2020.

Poisentão!